UM DESENHO POR SEMANA

quinta-feira, 27 de março de 2008

Mais que água pra viver

- Eu voltei do Ceará faz pouco, fui pra lá pro enterro de um primo meu.

- Entendo
- Na volta passei por (várias cidades do nordeste) chovia muito. Uma hora lá, nós paramos em uma churrascaria na estrada. Chovia muito, e a gente falava disso...
- Você saiu de Petrolina?
- Não, foi direto do Ceará.
- Entendo. Eu vim para cá mas, não vale a pena não. A vida lá é bem melhor que aqui. O pessoal vem achando que aqui é melhor. Aqui as mulher não querem (sic) nem engravidar, por que aqui é ruim...Lá é diferente...vou ficar aqui só mais um ano...
-Vou descer aqui, você conhece a lanchonete do João lá no bairro?
- Conheço.
- Vamo (sic) combinar um dia a gente toma um suco lá.
- Pode ser sim.
- Falou então, agente se encontra e toma um suco lá... Fica com Deus
- Amém.

Não é mais um conto. O diálogo acima é real, e aconteceu dentro de um ônibus do serviço de transporte público de uma grande cidade do Estado de São Paulo, entre dois passageiros que acabavam de se conhecer e perceber que tinham histórias em comum. A mesma origem, os mesmos dilemas, o mesmo bairro atual. Mas não apenas isso. Uma mesma história de descontentamento com uma possibilidade de melhora de vida que se mostrou irreal. A vida que tinham lá atrás, de repente se tornou boa quando o presente se mostrou mais difícil do que o passado.

O ideal de ganhar a vida no “sul” continua existindo na cabeça de muitos pelo Brasil todo. Talvez hoje o que mude é um acordar mais cedo para a realidade das cidades grandes. É perceber mais rápido os prós e contras da vida deixada em relação à nova experiência.

A verdade é uma só. Todos nós estamos em busca de melhores oportunidades. Mas não existem Eldorados, e chegar à terra prometida, só depois de um bom passeio pelo deserto. A questão é que às vezes a terra prometida está bem mais perto do que pensamos, mas descobrir nem sempre é fácil. E encarar isso e voltar geralmente também não é lá muito confortável.

Quanto aos passageiros daquele ônibus, nunca saberemos se voltaram para suas cidades de origem, nem se um dia foram tomar aquele suco. O que sabemos, e às vezes é difícil de perceber, é que como eles, desde do dia do nosso nascimento, todos nós queremos mais do que água pra viver.

Trilha Sonora:
Doutor - Cidade Negra
(CD “Acústico MTV”)


Um comentário:

  1. www.juniorvaller.com28 de março de 2008 01:09

    Amigo Jean, parece que vc escreveu esse texto pra mim!!!.
    Quero mais que água pra viver e quem sabe, gelo, neve e starbucks em cada esquina? faltam 24 dias.
    arbaços.

    ResponderExcluir

Expresse-se aqui.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...