UM DESENHO POR SEMANA

quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

A honesta e isenta opinião de um alien

Digamos que você seja um alienígena, que vem para terra estudá-la. Você tem um aparelho que interpreta a língua de qualquer país do mundo, e decide ver como é uma determinado nação. Vamos dizer que você tem informações de seus superiores que vendo a programação da TV de qualquer país pode-se falar muito sobre ele. Você então sintoniza a programação de TV aberta de um país qualquer, sei lá, vamos dizer o Brasil.

Você começa pelo jornalismo, afinal você verá fatos sobre aquele país, nada mais correto. Coloca num telejornal, "menina morre após ser atingida por bala perdida". Você coloca noutro, "bairro e fechado com toque de recolher de traficantes". Coloca em outro ainda e "helicóptero da polícia é derrubado na guerra do tráfico no Rio de Janeiro". Só para tentar ver se a história muda você tenta uma última vez e vê    "arrastão nas ruas do Rio de Janeiro".

Ok, uma outra coisa para saber sobre como é um país é a cultura, assim, como um alienígena muito coerente você decide ver também os programas de entretenimento.
Começa por um de domingo e vê um humano fêmea com nome de um alimento chamado morango. Seria a "Fêmea Morango". Você troca para outro e vê mais duas, a "fêmea Melancia" e a "fêmea Melão". Em todos os casos as fêmeas alimento sacodem a parte onde existe mais carne em cada uma enquanto a câmera focaliza aquilo jogando na sua cara quase em 3D.

Você muda de canal e vê os melhores momentos de uma festa cultural no Rio de Janeiro na qual todo mundo ressalta as mesmas partes "carnudas" para lá e para cá e têm as mesmas imagens em quase 3D.

Você muda de canal procurando agora por produções de ficção, para observar como os próprios brasileiros se enxergam. Em um canal você vê um filme sobre a revolta num presídio. Em outro você assiste um outro sobre a vida de um traficante de classe média do Rio de Janeiro nos nos 80 cujo nome não é Johnny. Em outro, você vê uma assalto a um ônibus de número 174 que deixa dois mortos. Mais uma tentativa e lá vem um filme sobre um policial que comanda uma tropa de elite que combate traficantes no Rio de Janeiro e um monte de humanos morrem de todas as formas não naturais possíveis.

Aí você assiste o vídeo abaixo


Você, alienígena, consegue enxergar alguma grosseria no tal comediante?

Um comentário:

  1. É, antes de atirar a primeira pedra...

    junior barros

    ResponderExcluir

Expresse-se aqui.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...